Setransp participa de caminhada alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Setransp presta homenagem às mães do seu quadro funcional
13 de maio de 2013
Tarifa de ônibus sobe para R$ 2,45
14 de maio de 2013

 

Era 18 de maio de 1973. Nesse dia fatídico, a menina Araceli Cabrera Bispo, de apenas 8 anos, desaparecia, no Estado do Espírito Santo. Enquanto era usada pela própria mãe como “aviãozinho” no tráfico de drogas, Araceli foi raptada, drogada, espancada, estuprada e encontrada morta com o rosto desfigurado com ácido, dias depois do seu sumiço. Os acusados pelo crime, Dante de Brito Michelini e Paulo Constanteen Helal, jovens de classe média alta, foram absolvidos no último julgamento ocorrido em 1991. O crime prescreveu e os culpados permanecem impunes. A data dessa barbaridade, no entanto, foi instituída como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes a partir da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000.

 

Desde então, todos os anos, ocorrem várias manifestações em todo o país envolvendo o tema, a fim de conscientizar a sociedade para a gravidade de atos que atentem contra a integridade física e moral de menores. Esse ano, a programação alusiva à data, começou na tarde de ontem com uma caminhada pelas ruas do bairro Santa Maria promovida pela Secretaria Municipal da Família e Assistência Social, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Aracaju e o Conselho Tutelar do 1º Distrito. 

 

O evento reuniu dezenas de pessoas que partiram do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), percorreram a avenida principal do bairro e finalizaram na quadra poliesportiva. Representando o sindicato, a gerente Institucional Mônica Quintino e a equipe do setor de atendimento marcaram presença na caminhada. Elas destacaram a satisfação de estar participando de causa social tão importante. “Sinto-me muito feliz em estar participando desse alerta. As pessoas precisam se dar conta da gravidade desse problema que assola milhares de famílias no mundo todo. É preciso muita informação para mudar esse quadro e acabar com essa violência”, afirma Mônica. 

 

A programação não termina nessa caminhada. Até o dia 18, muitas serão as ações realizadas em prol do tema. Confira abaixo a programação:  

 

15 de maio

Às 14h, será a vez das comunidades atendidas pelo Conselho Tutelar do 3º Distrito participarem da caminhada de conscientização contra a violência sexual contra meninos e meninas. A concentração será na Escola Estadual John Kennedy, no bairro Getúlio Vargas, seguindo o percurso pela Rua dos Estudantes e pela Rua Laranjeiras, finalizando no Caic, em frente ao Ceasa.

 

16 de maio

No dia 16, às 14h, os participantes da caminhada organizada com o apoio do Conselho Tutelar do 4º Distrito se concentrarão no CRAS do Bairro Porto Dantas, seguindo o percurso pela Av. Euclides Figueiredo, finalizando no CRAS do Bairro Coqueiral. A programação também contará com o Projeto Cine Informação, promovido pela Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (SEIDES). O projeto, que consiste na exibição de vídeos documentários e animações relacionados ao tema da violência sexual contra crianças e adolescentes, exibirá no dia 16 o documentário Canto de Cicatriz e Rádio Margarida, na Associação Renascer para a Vida, no Porto Dantas.

 

17 de maio

Já no dia 17, das 9h às 12h, o Ministério Público do Estado de Sergipe, através do Centro de Apoio Operacional da Infância e da Adolescência e da 8ª Promotoria do Cidadão, reunirá diversos atores do Sistema de Garantia de Direitos num seminário sobre a temática. Às 9h ocorrerá a apresentação de peça teatral pelo grupo do Projeto Viravida e às 9h30 palestra sobre os perigos que representam os crimes praticados através da Internet, expondo crianças e adolescentes como possíveis vítimas de violência sexual, a ser proferida pelo Dr. Alexandro Vieira, Delegado de Polícia. O evento ocorrerá no Auditório Valdir de Freitas Dantas, localizada na Av. Conselheiro Carlos Alberto Sampaio, 505, Centro Administrativo Governador Augusto Franco, Bairro Capucho.

No mesmo dia, às 14h, a SEMFAS, o CMDCA e o Conselho Tutelar do 5º Distrito realizarão caminhada com concentração no Barracão Cultural do Bairro Santa Gleide, percorrendo a Rua Presidente Jânio Quadros, com encerramento na Escola Oviêdo Teixeira.

Já às 18h, acontecerá a caminhada na Orla de Atalaia, promovida pelo Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA). A concentração será nos Arcos da Atalaia e seguira com panfletagem nos bares, pousadas, hotéis e estabelecimentos congêneres, com vistas a sensibilizar e conscientizar a população sobre a problemática do abuso e da exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes.

 

18 de maio

No dia 18 de maio o Ministério Público do Estado de Sergipe, com o Ônibus da Cidadania, participará do Projeto Ação Global 2013, fruto de parceria entre o SESI e a Rede Globo, a realizar-se na Escola do SESI Roberto Simonsen, localizada na Rua Pará, s/n, Bairro 18 do Forte, Aracaju/SE. Em seguida, às 18h, a SEIDES realizara blitz educativa na Orla de Aracaju para distribuição de para-sol, panfletos e adesivos.

 

Dia 21 de maio

A SEIDES realizará às 08h, uma blitz educativa no Bairro Santa Maria para distribuição de para-sol, panfletos e adesivos com mensagens de prevenção à violência sexual contra menino e meninas.

 

Dia 28 de maio

A programação seguirá até o dia 28, quando ocorrerá às 14h, mais uma edição do Projeto Cine Informação, no Centro Esportivo Professor Kardec, no bairro Santa Maria, quando será exibido o documentário Canto de Cicatriz e Rádio Margarida.

 

Denúncias

Ligue 100 e acione o Conselho Tutelar e a Delegacia de Grupos Vulneráveis.

Os comentários estão encerrados.