Gratuidades precisam de tratamento mais rigoroso
18 de setembro de 2008
Número de acidentes com motos aumenta 245%
22 de setembro de 2008

 

Em outubro, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju ? SETRANSP ? lança mais um cartão da bilhetagem eletrônica.

O Mais Aracaju Cidadania é próprio para as pessoas que não possuem vínculo empregatício, não tendo, desse modo, acesso ao Mais Aracaju Vale-Transporte.

 

Também é útil para quem utiliza o transporte coletivo de forma esporádica, profissionais liberais, donas de casa, trabalhadores informais e todas as pessoas que fazem uso do ônibus nas suas atividades diárias.

 

A utilização do Cidadania é simples, assim como a os demais cartões da bilhetagem eletrônica. Basta aproximá-lo do validador (aparelho instalado no interior dos ônibus para efetuar o pagamento das tarifas por meio dos cartões eletrônicos) que o saldo existente será exibido na tela do equipamento e a passagem pela catraca é liberada. Por dispensar o uso do dinheiro e a espera pelo troco, o cartão torna a movimentação dentro dos ônibus mais rápida.

 

Outra grande vantagem para os usuários é a segurança. Em caso de perda ou roubo do cartão, os usuários podem solicitar o bloqueio e preservar os créditos contidos nele. Depois, de posse de uma segunda via, os créditos disponíveis no momento do bloqueio poderão ser utilizados sem qualquer prejuízo para o usuário.

 

Solicitar o cartão Mais Aracaju Cidadania é fácil. Basta acessar o site www.maisaracaju.com.br e clicar no link VT WEB CLIENT. Depois, o internauta deve escolher o item cuja inscrição diz: ?Se você deseja cadastrar para uso pessoal, clique aqui?. O próximo passo é informar dados como o número do CPF e da carteira de identidade, endereço, data de nascimento e nome da mãe.

 

Também é possível criar uma senha para compra de créditos via on-line. Ao finalizar o procedimento, o usuário estará inserido no sistema e, em breve, estará recebendo o seu Mais Aracaju Cidadania.

 

Adquirindo o cartão Cidadania, no momento em que o usuário possuir um emprego formal, poderá utilizá-lo como cartão Vale-Transporte. ?Assim, não será preciso solicitar um novo cartão. É praticidade para a empresa e para o usuário?, informa Jéferson Dantas, gerente de Tecnologia da Informação do SETRANSP.

Os comentários estão encerrados.