Aracaju inicia modernização do transporte público com embarque somente com bilhetagem eletrônica

Setor de transporte pede apoio e alerta quanto ao desequilíbrio do sistema
14 de fevereiro de 2022
Nota Informativa
9 de março de 2022

A Prefeitura de Aracaju, através da Superintendência Municipal do Transporte e Trânsito (SMTT), e em parceria com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp), está iniciando a completa modernização do transporte público da capital, com 46 ônibus que passam a circular pela cidade aceitando apenas o pagamento com o cartão Mais Aracaju. A novidade foi apresentada na manhã desta segunda-feira, 21, durante coletiva de imprensa.

O pagamento da passagem dos ônibus do transporte público coletivo de Aracaju e região metropolitana por bilhetagem eletrônica foi implantado no ano de 2007. Essa forma de pagamento surgiu para substituir o dinheiro, os passes escolares e o vale transporte em papel, utilizados à época. Desde então, essa tecnologia trouxe muitos benefícios para os trabalhadores do sistema e para os usuários, à medida que agilizou o embarque, reduziu a circulação de dinheiro nos ônibus e, consequentemente, a quantidade de assaltos.

Passados 15 anos, a completa modernização que se inicia trará ainda mais agilidade ao serviço, já que não haverá mais a necessidade de pagamento em dinheiro e troco; mais praticidade, pois a recarga do cartão também pode ser feita de forma online, pelo site do AracajuCard ou app do RecargaPay; a modernização dos pagamentos, acompanhando as tendências mundiais, e mais saúde, seguindo as recomendações sanitárias impostas pela pandemia do novo coronavírus.

O superintendente municipal do Transporte e Trânsito, Renato Telles, ressalta que a mudança acontecerá de forma tranquila e paulatinamente.

“No total, são 11 linhas que totalizam mais de 160 ônibus, então, começamos de forma planejada, com informação à população, para que as pessoas possam se ajustar e saibam como e onde fazer essa recarga, e dando continuidade à mobilidade. Acontecerá, no primeiro momento, de forma intercalada. Três a quatro ônibus receberão todas as formas de pagamento e um ônibus sinalizado, na frente e nos lados, que receberá somente o cartão Mais Aracaju. É um avanço, como já foi a substituição do papel pelo cartão. É segurança, é agilidade e comodidade para o usuário. A ideia é chegar em todo o sistema, mas de forma tranquila”, reforça Renato.

A recarga instantânea é outra novidade do sistema. A partir de agora, após a recarga o cartão Mais Aracaju é automaticamente validado e as passagens já podem ser utilizadas pelo usuário. Apenas a recarga efetuada de forma online, pelo site do AracajuCard (aracajucard.com.br) ou app do RecargaPay, terão um prazo de 48 horas para validação. Ao comprar passagens pelo app Recarga Pay, o usuários também tem R$10 de cashback na primeira compra.

O presidente do Setransp, Alberto Almeida, destaca a evolução no transporte público.

“São vários os benefícios e, inclusive, abre espaço para que novas possibilidades cheguem, como a integração temporal, a utilização dos terminais de integração de forma mais tranquila e rápida, fora a segurança que se dá pela ausência do uso de dinheiro, além da agilidade no embarque que promove menos retenção de veículos. Os ônibus estão identificados para que a população saiba quais veículos aceitam somente a bilhetagem eletrônica. Nosso objetivo é que as dificuldades sejam as menores possíveis, por isso, focamos na comunicação ampla para facilitar o acesso dos usuários do transporte público de Aracaju”, afirma Alberto.

Essas mudanças serão implantadas de forma gradual para que os usuários que ainda não possuem o cartão Mais Aracaju possam obtê-lo pelo mesmo valor de uma passagem de ônibus nos mais de 20 pontos de venda físicos ou com um dos 46 agentes comerciais espalhados pela cidade. A perspectiva é que, até abril, sejam 96 pontos de venda.

Os pontos físicos estão no Ceac da Rua do Turista, na Associação Comercial de Sergipe (Acese), na Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), Shopping Prêmio, Parque Shopping, Terminal Atalaia, Terminal DIA, Terminal Campus (UFS), Terminal Leonel Brizola, Terminal do Mercado, Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Tiradentes (Unit), e na rede de vendas por ATM, instalados nos bairros Siqueira Campos, Centro, Coroa do Meio, Santos Dumont, Farolândia e Santa Maria, além dos ATMs localizados no bairro Taiçoca, em Nossa Senhora do Socorro, e na Barra dos Coqueiros.

Para trazer ainda mais comodidade aos usuários, a partir de agora também será possível efetuar a recarga em pontos de venda instalados em 10 Farmácias do Trabalhador, em vários bairros da cidade.

Presente da apresentação, o vereador Breno Garibaldi frisou a importância da medida.

“Fico feliz com essa modernidade. Precisamos ficar atentos, cobrando e fiscalizando, pois é a nossa função, enquanto vereador e, como presidente da Comissão de Transporte, eu não poderia deixar de estar nesse momento. Sabemos que é uma evolução necessária e, como ainda estamos na pandemia, é importante que tiremos a circulação de dinheiro dentro dos ônibus, sem falar na segurança que acarreta. É um passo fundamental e, por isso, continuaremos observando para prestar a devida assistência à população”, aponta Breno.

Linhas de ônibus

Dos 46 ônibus que estarão circulando pela cidade apenas com a bilhetagem eletrônica, 9 são da linha 002-Fernando Collor/DIA, 5 da 003-João Alves/Orlando Dantas, 6 da 004-Santa Maria/Mercado, 4 da 005-Maracaju/DIA, 6 da 007-Fernando Collor/Atalaia, 1 da 031-Eduardo Gomes/Desembargador Maynard, 6 da 061-Marcos Freire/Centro, 4 da 080-Bugio/Atalaia, 1 da 200-Circular Indústria e Comércio 1, 1 da 703-Augusto Franco/Siqueira Campos e 3 da 715-Tijuquinha/Desembargador Maynard.

A escolha das linhas que passam a circular apenas com a bilhetagem eletrônica foi realizada pela SMTT, em conjunto com as empresas de ônibus e o Sindicato das Empresas de Transporte do Município de Aracaju (Setransp), considerando as linhas com maior número de pessoas que já utilizam o cartão Mais Aracaju.

Os profissionais do transporte público passaram por treinamento e estão aptos a orientar a população sobre como adquirir o cartão, como efetuar recarga e os locais dos pontos de venda. Além disso, será feita uma ampla divulgação para que as pessoas tenham acesso à bilhetagem eletrônica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *