Motoristas destacam aprendizado ao inverter modal com ciclistas

Motoristas invertem papéis por um trânsito sem acidentes
8 de maio de 2015
Setransp e SMTT apresentam reforma no Terminal Maracaju
18 de maio de 2015

Trafegar respeitando o espaço do outro nas vias não parece uma tarefa tão fácil na rotina agitada do trânsito atualmente. Para reforçar a conscientização sobre a segurança em manter a distancia mínima de 1,5 metro dos ciclistas, motoristas das empresas do transporte coletivo de Aracaju de região metropolitana toparam o desafio da III Semana Municipal de Trânsito “+ Consciência – Acidentes”, da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), e fizeram a inversão de modal. Na ocasião, 15 profissionais trocaram as quatro rodas dos ônibus pelas duas da bicicleta para vivenciar o quanto é precioso o cuidado de se ter limites diante do espaço do outro no trânsito.

A ação aconteceu na Rota de Fuga, Zona de Expansão de Aracaju, e contou com a parceria da Caju Bike, ONG Ciclo Urbano e do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp). “A distância mínima do ciclista de 1,5 metro, já é regulamentada pelo código de trânsito, e é de conhecimento dos que atuam no transporte, mas uma ação como essa, de inversão de modal, é de extrema importância para reforçar com a experiência prática aquilo que é orientado. E a intenção do setor do transporte é manter estratégias como essa de respeito e defesa à vida no trânsito”, comentou o presidente do Setransp, Alberto Almeida.

Na II Semana Municipal de Trânsito, os motoristas participaram também de aulas teóricas sobre as regras de trânsito que envolvem ciclistas e o uso da bicicleta no trânsito. Para o motorista Elias Melo dos Santos, da Viação Modelo, a experiência foi impressionante. “Não tinha noção de que era assim, tão assustador. Nós quando estamos no volante do ônibus, não percebemos, mas aqui, montado na bicicleta, mesmo parado e em um ambiente controlado, esse deslocamento de ar provocado pelo ônibus é muito forte. Sem dúvida, foi um grande aprendizado”, disse ele.

De acordo com o assessor de comunicação da SMTT, Flávio Vasconcelos, a inversão de modal foi uma novidade da III Semana Municipal de Trânsito, cujos comentários foram unânimes: “no momento em que nos colocamos no lugar do outro no trânsito, a mudança de percepção facilita o aprendizado e, consequentemente, gera a conscientização”, afirmou.
 

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard