Setransp, Aracajucard e SMTT anunciam campanha sobre bilhetagem eletrônica

Setransp e Aracajucard lançam campanha educativa que visa humanizar o transporte coletivo
25 de fevereiro de 2015
Campanha leva educadores da SMTT aos terminais para informar usuários do transporte coletivo de forma lúdica
2 de março de 2015

A Aracajucard, empresa responsável pela bilhetagem eletrônica no transporte coletivo da capital, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp), e a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) anunciaram nesta quinta-feira, 26, em coletiva com a imprensa, o lançamento da Campanha Educativa sobre o uso dos cartões de gratuidade, que estará nas ruas a partir do próximo dia 02 de março. Com o tema, “Quem tem direito a gratuidade também passa pela catraca”, a campanha visa conscientizar a sociedade, em especial aos passageiros portadores do direito à gratuidade, sobre os benefícios do uso da bilhetagem eletrônica e a passagem pela catraca no ônibus. A campanha contará com divulgação visual no interior dos veículos e agentes educadores e fiscalizadores, que estarão orientando os usuários tanto nos ônibus quanto nos terminais de integração.

 

De acordo com o presidente do Setransp, Alberto Almeida, os passageiros serão auxiliados quanto à validação do Cartão Mais Aracaju, registro da identificação biométrica, e orientados sobre a identificação necessária para o uso da gratuidade e a mobilidade no ônibus. “Passando pela catraca, podendo utilizar todo ônibus, o passageiro não fica confinado em uma área pequena, onde muitas vezes se acumula um número maior de pessoas do que é permitido ali, gerando desconforto e até empecilho para mobilidade na área de embarque do veículo. Isso garante o direito de quem tem e garante a agilidade e mobilidade no ônibus”, disse ele, ratificando que o uso dos assentos na dianteira dos ônibus deve ser restrito as pessoas com pouca mobilidade, que, desta feita, não podem passar pela catraca – gestantes, pessoas obesas e pessoas com deficiência. 

 

Inclusive a campanha, que está sendo feita em entendimento com os órgãos representativos das pessoas que utilizam a gratuidade, dá destaque ao caso excepcional daqueles que têm o Cartão Mais Aracaju Especial (Verde), que é livre da obrigação de passar pela catraca. Motoristas e cobradores passaram ao longo desta semana por treinamentos sobre os nortes da campanha, que reforçam as orientações feitas aos rodoviários de dois em dois meses nas empresas, quanto ao manuseio do sistema de bilhetagem eletrônica, o auxílio às pessoas com deficiência e idosos, além de a conscientização que os trabalhadores do transporte também devem passar pela catraca, com o Cartão Mais Aracaju Funcional.

 

Bilhetagem eletrônica X assaltos 

Para o superintendente da SMTT, Nelson Fellipe, a campanha educativa sobre a bilhetagem eletrônica traz uma grande contribuição não só para o ordenamento e mobilidade no transporte, mas, em especial, para com o reforço à diminuição do volume de dinheiro que circula no ônibus. Isso porque a campanha começa conscientizando os portadores de gratuidade, com vistas a influenciar também os usuários comuns a utilizar a praticidade do Cartão Mais Aracaju.  

 

“Quando se usa o cartão se elimina o manuseio de dinheiro dentro dos ônibus. Com os levantamentos que temos, junto a Aracajucard e o Setransp, temos visto que os furtos têm acontecido devido às quantias que ficam em posse dos cobradores. Então, com a bilhetagem eletrônica, nós tiramos do ônibus o principal objeto de roubo que é o dinheiro. Não tenho dúvida que essa campanha em prol da bilhetagem eletrônica vai melhorar a qualidade e a segurança no transporte, e até a organização dos passageiros e o controle do sistema do transporte das pessoas que circulam nos ônibus”, frisou ele.

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard