Trabalho de implantação da bilhetagem eletrônica na capital sergipana pode ser premiado em congresso mundial

Subsídio do ônibus chegará a 21 cidades do Paraná
8 de maio de 2013
Setransp presta homenagem às mães do seu quadro funcional
13 de maio de 2013

 

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju – Setransp – e a Prodata Mobility Brasil estão, pela primeira vez, concorrendo ao Prêmio Crescendo com o Transporte Público. Trata-se de uma homenagem a ser realizada durante o 60º Congresso Mundial da UITP – Associação Internacional do Transporte Público -, nos dias 26 a 30 de maio, em Genebra, na Suíça. O projeto indicado é o dos cartões eletrônicos Mais Aracaju/Mais Fácil, que se destacou em meio a 270 trabalhos enviados por mais de 50 países de diversas regiões do mundo.

 

Foram dez trabalhos selecionados para a premiação regional da América Latina (confira lista abaixo). Desse total, serão indicados quatro vencedores, no dia 28 de maio. Dada a importância do reconhecimento, desde que o anúncio da indicação foi feita, na semana passada, tem sido grande a expectativa no setor de Marketing do Setransp pelo resultado. “Em fevereiro, tive a responsabilidade de organizar um comitê que ficou incumbido de levantar tudo o que foi feito referente à bilhetagem eletrônica desde a sua implantação em nossa capital. Tudo foi feito em um prazo bem apertado de apenas dez dias. Nesse período, voltamos no tempo. Fomos buscar informações anteriores à implantação do sistema, no ano de 2006. Ao ficar pronto, conseguimos apontar, cronologicamente, no documento todos os nossos avanços”, recorda Fabiana Droppa, coordenadora de Marketing do Setransp.

 

Para concorrer, ela precisou montar um formulário bem específico, no qual continha uma descrição bem detalhada do projeto, o antes e o depois, os benefícios trazidos aos diversos setores envolvidos (usuários, operadores, autoridades) e as inovações promovidas. “A parte mais importante no levantamento das informações foi a que constavam os números do sistema – cadastros, passageiros transportados. Outro ponto importante foi como o projeto em questão poderia ser implantado em outra cidade e também de como se deu a participação de cada um dos atores envolvidos, ou seja  indústria, operadores e autoridades”, informa Fabiana Droppa.

 

As etapas apontadas tiveram como suporte as campanhas criadas pelo Setransp para cada momento específico da implantação da bilhetagem eletrônica na capital sergipana, tais como a criação do sistema de compra on-line, o VT Web Client (2008), o lançamento do cartão Mais Aracaju Cidadania (2010), a instalação do sistema de identificação biométrica, o Finger (2011), e do validador on-line (2012). Todo esse rico conteúdo foi traduzido para o inglês e enviado à UITP.

 

Todo o processo de elaboração desse trabalho, na opinião da coordenadora de Marketing do Setransp, por si só, já foi de grande valia. “O mais importante de ser finalista é saber que nosso time vivenciou a modernização tecnológica dos últimos seis anos. É muito importante saber que todo o empenho, seja ele das áreas comercial, tecnológica, operacional, comunicação ou marketing, está tendo destaque em um congresso mundial que se tornou referência nos serviços prestados”, afirma Fabiana.

 

Quem também está bastante orgulhoso com a indicação é o gerente de Tecnologia da Informação Jeferson Dantas. “É realmente muito gratificante para mim. Vi o projeto nascer. Tenho um apego muito grande por tudo que se refere a ele. Ver que alcançou um grau de maturidade tamanho que está ai, dando o que falar internacionalmente. É motivo de grande orgulho”, declarou ele. 

 

Para o superintendente do Setransp José Carlos Amâncio, responsável pela implantação da bilhetagem eletrônica em Aracaju, a alegria veio redobrada. “Sem dúvida, uma grande felicidade. Já tinha uma experiência com a implantação da bilhetagem eletrônica na capital alagoana, mas aqui foi diferente. Os técnicos que trabalharam no projeto não tinham conhecimento nenhum na área. Foram se especializando na medida em que o projeto avançava. Hoje são referência no assunto. Isso me orgulha de um modo especial”,  destacou.

 

 

Sobe a UITP

A UITP é uma rede internacional que serve de referência às autoridades públicas de transporte, operadores, autoridades políticas, institutos científicos, órgãos ligados ao transporte público e ao setor de serviços. É uma plataforma para a cooperação mundial, desenvolvimento de negócios e compartilhamento de know-how entre os seus 3.400 membros em 92 países. Trata-se de uma instituição defensora dos transportes públicos, da mobilidade sustentável e promotora das inovações no setor em todo o mundo.

 

 

Finalistas – premiação América Latina

 

PRODATA MOBILTY BRASIL/ SETRANSP (Brasil) com  o projeto “Project MAIS FÁCIL. 

 

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESAS DE TRANSPORTES URBANOS (Brasil) com o projeto “Technical Intelligence Service Center (TISC)”;

 

CITYPLANNING (Chile) com o projeto “How To Apply BI To Improve And Make More Efficient Transport Systems”;

 

COMPANHIA URUGUAYA DE TRANSPORTES COLETIVOS S.A. (Uruguai) com o projeto “iBus, you don't have to wait, now you know when we pick you up”;

 

COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ (Brasil) com o projeto “Innovative use of new information technologies: customers’ collaboration improving train and station operational service”;

 

CONSÓRCIO METROPOLITANO DE TRANSPORTES – AUTOPASS (Brasil) com o projeto “Implementing the Electronic Ticketing System Urban Transportation BOM Card to be used in Sao Paulo and its metropolitan area”;

 

CTS EMBARQ MÉXICO (México) com o projeto Metrobus Line 4;

 

EMPRESA 1 SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E COMÉRCIO LTDA (Brasil) com o projeto “Growing public transportation through cutting out fraudulent use”;

 

FEDERAÇÃO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTES DE PASSAGEIROS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (Brasil) com o projeto “BRS System – The new vision in Rio de Janeiro´s Public Transportation”;

 

METRÔ DE SANTIAGO S.A. (Chile) com o projeto “New design of free WI-FI zones in metro stations”;

 

MINISTÉRIO DE TRANSPORTES E TELECOMUNICAÇÕES (Chile) com o projeto “Transantiago Social Intervention 'Your ideas in your bus stop”;

 

 

Resumo 

Quem ficou curioso e quiser saber mais sobre a história da bilhetagem eletrônica em Aracaju, pode acompanhar esse resumo preparado por Fabiana Droppa. 

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard