Carro, problema que se agrava
13 de setembro de 2010
Posto da Unit tem novo horário de funcionamento
14 de setembro de 2010

Após três anos de implantação na capital sergipana, a bilhetagem eletrônica está chegando ao sistema de transporte suburbano. A partir do mês de setembro, os usuários que se deslocam entre Aracaju e os municípios de Laranjeiras, Itaporanga, Maruim e Riachuelo estarão utilizando o cartão Mais Fácil Suburbano para o pagamento de suas passagens.

O sistema chega para modernizar o transporte ao substituir o tíquete de vale-transporte em papel por cartões eletrônicos. O uso é simples, basta o passageiro encostar o cartão nos validadores, equipamentos instalados no interior dos ônibus, que efetuam o débito da tarifa, liberando a catraca para a passagem do usuário.

Antes de chegar aos ônibus, o procedimento de implantação passa pelo cadastramento das empresas no sistema de compra on-line dos créditos eletrônicos, VT Web Client, disponível no www.setransp-aju.com.br. Tal etapa terá início dia 30 de agosto, época que o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju – SETRANSP – inicia a confecção dos cartões solicitados.

VANTAGENS

Entre as vantagens da bilhetagem eletrônica estão a agilidade na passagem das catraca, com o fim da necessidade do passageiro esperar pelo troco. A segurança é outro ponto forte do sistema. Passageiros, motoristas e cobradores circularão mais tranqüilos já que os ônibus terão cada vez menos dinheiro e vales-transporte, o que, certamente, irá inibir os assaltos, argumenta José Carlos Amâncio, superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju – SETRANSP.

Por ser recarregável, em caso de perda ou roubo, os usuários ainda têm a possibilidade de bloquear os cartões extraviados. Ao adquirir uma segunda via, os créditos contidos no cartão, no momento do bloqueio, são automaticamente recuperados.

Os comentários estão encerrados.