Último dia de atualização do cartão escolar
29 de setembro de 2009
1ª Via cartão VT deve ser desbloqueada
2 de outubro de 2009

Na manhã de hoje, dia 30, o superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju – SETRANSP –, José Carlos Amâncio recebeu o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas – CDL –, Gilson Figueiredo, e o secretário executivo das CDL`s e Federação, Esdras Carvalho, para uma reunião que, em breve, trará ótimas notícias aos comerciantes.

Preocupado em estreitar laços com as empresas clientes do VT Web Client, sistema de compra on-line do vale-transporte eletrônico, o SETRANSP contatou os representantes da CDL para obter apoio em um projeto inédito que promete auxiliar os empregadores a entender melhor a modalidade de vale-transporte que há dois anos vigora em Aracaju otimizando, assim, o seu uso.

“Queremos entender como as empresas estão se relacionado com o cartão Mais Aracaju Vale-Transporte, conhecer suas dificuldades, esclarecer dúvidas e disponibilizar informações úteis sobre como os empregadores podem gerenciar melhor a compra do benefício e o uso por parte de seu quadro de colaboradores”, explanou o superintendente do SETRANSP.

A ideia é realizar encontros que envolvam, inicialmente, o maior número possível de lojistas do comércio varejista e, posteriormente, de comerciantes dos dois shoppings da cidade e representantes do setor industrial.

A iniciativa, na visão de Gilson Figueiredo, terá grande adesão dos comerciantes dada a importância que o assunto representa atualmente para os empregadores. “Serão muito positivos esses encontros já que tratarão de um tema que muito preocupa as empresas. Neles, elas terão conhecimento das formas que podem adotar para que o cartão Mais Aracaju Vale-Transporte tenha um uso racional. Sem dúvida, uma grande oportunidade”, declarou o presidente da Federação das CDL`s durante a reunião.

Da mesma opinião, Esdras considera o vale-transporte como o ‘calcanhar de Aquiles’ das empresas. Desse modo, a possibilidade de discutir formas de controlar o uso e até economizar na compra do benefício obrigatório por Lei atrairá muitos lojistas, acredita ele. Diante do grande interesse que o evento despertou, ficou definido durante a reunião que o primeiro encontro do tipo ocorrerá ainda no mês de outubro, nas dependências da CDL.

Os comentários estão encerrados.