Cartão vale-transporte é do usuário não da empresa

Recadastramento no sábado, domingo e feriado.
13 de março de 2009
SETRANSP inaugura mais um posto de venda
17 de março de 2009

O cartão Mais Aracaju Vale-Transporte urbano é um instrumento moderno e ágil que substituiu os antigos tíquetes em papel no pagamento das passagens pelos trabalhadores no trajeto casa-trabalho-casa. 

 

A aquisição dos cartões se dá por meio da empresa, a qual deve cadastrar-se no sistema on-line de comércio dos créditos eletrônicos, o VT Web Client, disponível no site www.maisaracaju.com.br, e solicitar um cartão para cada colaborador.

 

Os cartões solicitados são confeccionados pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju ? SETRANSP ? com os dados de cada usuário e entregues em dez dias úteis gratuitamente. Assim sendo, os cartões são intransferíveis e, uma vez entregues ao colaborador, passam a ser de inteira responsabilidade do mesmo.

 

Em caso de perda, roubo ou extravio é o próprio usuário quem deve tomar as providências necessárias ao bloqueio do cartão que pode ser feito de três formas: pelo telefone (79) 3045-2550; pela internet, no www.maisaracaju.com.br; ou comparecendo pessoalmente à sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju – SETRANSP -, localizada na Rua F, s/nº – D.I.A.

 

Outra particularidade do cartão Vale-Transporte é que o usuário não precisa devolvê-lo no caso de se desligar da empresa. O procedimento adotado pela empresa será apenas o de extinguir o cadastro do cartão em questão da sua lista de compras de créditos. 

 

Já devidamente desligado da empresa, o usuário poderá continuar utilizando o mesmo cartão enquanto estiver sem emprego formal. Nesse caso, o próprio usuário fará as recargas que forem necessárias para o seu uso. No caso de haver uma contratação por parte de outra empresa, o número do cartão deverá ser inserido no cadastro na nova empresa, que passará a efetuar as recargas.

Os comentários estão encerrados.