Rodoviários fazem teste da Covid-19 e resultado é de baixíssima contaminação

RecargaPay: Sistema de venda para transporte coletivo será lançado em Aracaju
16 de julho de 2021
Prêmio Setransp de Jornalismo acontecerá em novembro
27 de julho de 2021

Em parceria com a UFS e Setransp, garagens de ônibus recebem pesquisadores para testagem – de 148 testes, apenas dois foram detectados

Durante a semana, todas as garagens prestadoras do transporte público coletivo receberam a equipe de pesquisadores do Departamento de Farmácia da Universidade Federal de Sergipe (UFS), que realizaram o teste RT-PCR (Swab Nasal) da Covid-19. Foram testados 148 funcionários e somente dois foram detectados com vírus, e sendo de imediato afastados das atividades para isolamento e acompanhamento médico.

O resultado da Força- testagem contra a Covid-19 feito nas garagens após a parceria das entidades foi satisfatório graças ao comprometimento de todos no combate ao vírus no setor. A ideia de analisar os colaboradores do transporte por estarem em atividade é importante para o presidente do Setransp, Alberto Almeida, já que 95% dos motoristas e cobradores já foram imunizados, graças a parceria do setor de Transporte com a Prefeitura de Aracaju e a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). 

“Desde o início da pandemia, o setor de transporte tem se movimentado e trazido alternativas diárias de prevenção do colaborador em combate à pandemia, e isso surtiu efeito. Tivemos a vacinação e agora a testagem que foi muito importante para consolidar as ações que estão sendo desenvolvidas em cooperação entre gestores públicos, empresas prestadoras e funcionários contra a Covid-19. Nós agradecemos muito ao Professor Lysandro e a UFS pela testagem que detectou um um índice baixíssimo de contaminação. Seguimos fiscalizando o tempo todo e fortalecemos as ações”,  explica.

De acordo com o professor do Departamento de Farmácia, Lysandro Borges,a testagem iniciada na segunda-feira, 19, nas garagens do Grupo Modelo, na terça, 20 na Viação Atalaia e finalizada na quarta-feira, 21, na garagem do Grupo Progresso foi satisfatória. “Ainda no primeiro dia, a equipe da Universidade ficou durante o dia fazendo a testagem, obtendo uma notícia positiva, já que não houve colaborador do transporte contaminado. Já nos outros dias o mapeamento foi maior, e ao todo conseguimos testar 148 pessoas testadas, com duas apenas positivas. A ideia do mapeamento é saber quem foi contaminado e está recuperado, se há pessoas contaminadas, quem foi vacinado e qual o grau de eficácia da vacina”, explica Lysandro. 

Já foram vacinados 95% dos motoristas e cobradores, desde maio, quando a vacinação foi liberada às categorias como prestadores de um serviço essencial, e as empresas vêm reforçando a importância de atingir 100% dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *