Assaltos a ônibus registra queda de mais de 95%

Val e Cittamobi tornam o caminho mais rápido no Transporte Público 
4 de abril de 2021
Ações de vandalismo prejudicam funcionamento do Terminal de Integração do Mercado
13 de abril de 2021

Janeiro contabilizou cinco ocorrências, enquanto fevereiro apenas duas

Segurança. Essa é a palavra que define o trabalho conjunto das forças de segurança pública de Sergipe e do setor de transporte para reduzir ainda mais o número de assaltos dentro dos ônibus coletivos que circulam em Aracaju e Região Metropolitana. Já são 95% a menos dos casos.

A união estratégica nesse combate do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp), da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP-SE), da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju (SMTT), da Guarda Municipal, e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sinttra) desde 2019 vem dando grandes resultados.

Entre os anos de 2017 e de 2020, a queda das ocorrências foi de 88,50%. Enquanto nós primeiros meses de 2017, 145 casos de assaltos foram contabilizados, no mesmo período em 2020 foram 38 casos. Já 2021, essa redução evoluiu de forma ainda mais expressiva para 95, 17%, comparando os dois primeiros meses de 2021 com 2017. Este ano foram cinco ocorrências em janeiro e duas em fevereiro.

Esse índice se deve às ações de repressão aos assaltos que vêm acontecendo com o patrulhamento ostensivo da Polícia Militar e da Guarda Municipal nos terminais de integração e as abordagens dentro dos veículos. Além disso, o sistema de transporte também conta com o serviço de inteligência e investigação da Polícia Civil em parceria com o monitoramento das câmeras de segurança das empresas de ônibus. As imagens fornecidas em tempo hábil ajudam na resolução dos casos, resultando em prisões dos assaltantes.

O presidente do Setransp, Alberto Almeida, destacou o papel fundamental das polícias e da guarda municipal, para que o sistema de transporte alcançasse esse resultado e a mobilidade urbana contasse com mais segurança.

“As ações de combate aos assaltos têm dado muito certo em nossa região e os órgãos estão de parabéns por esse trabalho. A união do Setor com a Segurança Pública fez com essa queda só aumentasse, desde 2016, quando começamos esse trabalho conjunto. Hoje temos uma redução de 97% comparando com 2017 e isso é muito significativo. Além de contarmos com a inteligência das polícias, hoje temos dados e imagens que disponibilizamos para eles trabalharem. Os órgãos tendo essa imagem em mãos, além de toda tecnologia envolvida, tem feito esse resultado ser cada dia mais comum: Cinco assaltos em janeiro e dois em fevereiro. Ou seja, um número baixo que é fruto dessa estratégica união que só trouxe benefícios para a mobilidade urbana, seus usuários e colaboradores”, explica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *