Nova decisão do TRT proíbe Associação de fazer paralisação do transporte

População tem acesso ao serviço ao transporte interrompido por ação de vândalos
27 de fevereiro de 2021
NOTA SETRANSP
28 de fevereiro de 2021

Nota – 12h40

Ônibus voltam a operar com apoio da polícia

Nova decisão liminar do Tribunal Regional do Trabalho saiu neste sábado proibindo a paralisação do serviço de transporte público coletivo que é essencial à população – liminar N°. 0000042-37.2021.5.20.0000 T.R.T. DA 20ª Região. Desta vez, a decisão foi da desembargadora Rita de Cássia Pinheiro, que entendeu que Adriano Oliveira, mais conhecido como Adriano Taxista, liderou as manifestações, sem acordo com os sindicatos trabalhistas dos rodoviários, e trouxe grande dano aos passageiros de uma forma geral, sem qualquer tipo de negociação.

A desembargadora federal considerou que a greve instalada é abusiva e ilegal, pedindo a suspensão imediata, sob pena de multa no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais) à Associação dos Rodoviários Motoristas e Cobradores do Município de Aracaju e Regiões Metropolitanas (Asmacom).

Ainda nesta manhã, o Comando do Policiamento da Capital e a Polícia Militar articularam uma estratégia para junto com a Guarda Municipal escoltar os ônibus desde à saída das garagens para circulação nos principais corredores para que o serviço volte a ser operado atendendo a população, especialmente neste momento de pandemia. Desde ontem, mais de 130 ônibus foram danificados por atos de vandalismo para impedir a circulação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *