Manifestantes voltam a impedir circulação dos ônibus e descumprir decisão judicial

Setransp e Sinttra acordam em prol de melhorias para os rodoviários
26 de fevereiro de 2021
População tem acesso ao serviço ao transporte interrompido por ação de vândalos
27 de fevereiro de 2021

Nota Setransp 26/02 – 17h

Mesmo com acordo firmado no Ministério Público do Trabalho entre Sindicato dos Trabalhadores do Transporte de Aracaju (Sinttra) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setransp) na manhã, desta sexta-feira, 26, manifestantes voltam na tarde de hoje a parar ônibus e furar pneus, impedindo a circulação do transporte público coletivo na região do Centro da cidade. Vídeos mostram o ex-vereador Adriano Taxista orientando o ato, que acontece um dia após ao momento em que Sergipe alcançou grande pico de casos de contaminação com Coronavírus.

Na última segunda-feira, 22, o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho Fábio Tulio confirmou a decisão liminar proibindo a paralisação do sistema de transporte público coletivo que é um serviço essencial, sob pena de multa de R$ 65 mil ao dia àqueles que estiveram mobilizando tal ação.

Apesar do diálogo aberto, o setor tem sofrido fortes prejuízos. Só na última paralisação após assembleia dos rodoviários, as empresas tiveram um saldo negativo de 243 ônibus danificados com os atos de vandalismo que destruíram pneus e vidraças, acumulando mais um custo, que chega em quase R$ 100 mil para os reparos. Apesar dos acordos trabalhistas firmados, mais uma vez, manifestantes voltaram a causar transtornos aos passageiros impedindo o direito de ir e vir.

O Setransp estará acionando a justiça quanto ao crime de dano contra a concessionária de serviço público e por desobediência a ordem judicial paralisando o serviço essencial em momento de pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *