Lixo coletado no Clean up the world teve destinação ecologicamente correta

Clean up the World reúne mais de 800 voluntários em Aracaju
17 de setembro de 2012
Setransp e empresas de transporte marcam presença na 6ª Semana da Acessibilidade
17 de setembro de 2012

De que adianta fazer a coleta do lixo despejado no meio ambiente e na hora de destiná-lo, encaminhar para outro local tão inapropriado quanto o primeiro? Foi no intuito de ajudar o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju (Setrans-Aju) a não incorrer nesse erro durante a realização do Clean Up the World – Dia Mundial de Limpeza de rios, lagos, lagoas e praias no Brasil, que a Estre Ambiental tornou-se parceira do evento.

 

A Estre, única empresa em Sergipe ambientalmente licenciada dentro das normas vigentes do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para tratar resíduos vai receber, sem cobrar nenhum tipo de ônus aos organizadores, todo o lixo recolhido durante o Clean Up. A coleta acontece neste sábado, dia 15 de setembro, das 9h às 12h, na Orla de Atalaia, mais especificamente da faixa que vai do restaurante Cariri até as imediações da AABB, na Aruana. O trabalho será desenvolvido por 657 voluntários, entre funcionários de empresas parceiras e estudantes das redes pública municipal e estadual de ensino.

 

O evento, que em 2012 entra na 10ª edição, acontece simultaneamente em 125 países e em 100 locais do Brasil, é encabeçado no país pelo Instituto Ecológico Aqualung. Em Aracaju é a segunda vez que a limpeza da praia é realizada sob a coordenação do Setransp, responsável por trazer a chancela da ONG Clean Up The World para a capital sergipana, com explicou Karla Pinto, coordenadora administrativa do Setransp e organizadora do dia.

 

Estamos fazendo a nossa parte e fico muito feliz por neste segundo ano contar com mais parceiros nesse ato voluntário. Não sabemos se vamos coletar mais ou menos que no anterior, mas espero que seja menos, porque isso vai significar que as pessoas estão com maior consciência sobre o quanto é importante preservar o meio ambiente, declarou Karla Pinto. Em 2011 foi coletada cerca de uma tonelada de lixo das praias da capital.

 

Estamos muito satisfeitos em poder colaborar com tão importante ato de preservação ambiental, e colaborar da forma correta, pois estamos oferecendo o nosso aterro para que tudo o que for coletado seja realmente destinado para o espaço que deve ser e não para um que já causa grave crime ambiental. Não é justo com o meio ambiente que um problema como este seja apenas transferido um lugar para o outro, enfatizou Frederico Lima, gerente Comercial da Regional Nordeste da Estre Ambiental.

 

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard