Superintendente vai a coletiva Clean Up The World no RJ

Posto do IFS fecha durante greve
24 de agosto de 2011
Licitação depende da mobilidade urbana para gerar benefícios, afirma Adierson Monteiro
25 de agosto de 2011

Na manhã da última terça-feira, dia 23 de agosto, Hildo Carrapito, representante da Clean Up The World no Brasil, se reuniu no Hotel Sheraton, Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, com diversos empresários e representantes de ONGs para falar sobre o “Dia Mundial da Limpeza” e o programa na praia, projeto que faz parte do Clean Up desde 2003. Este ano o evento do Dia Mundial da Limpeza será realizado no dia 17 de setembro, das 10h às 13h, simultaneamente em mais de 125 países.

Com uma mesa composta por representantes dos principais parceiros do Clean Up: Marcelo Szpilman  ( Diretor da Aqualung), Ana Josefa (SMAC), José Amâncio (Superintendente da Setransp – Aracaju), José Alencar (patrocinador do SEAC), Andréia Cunha (Prezunic) entre outros, deu-se a abertura do evento.

No decorrer do encontro, foram exibidos vídeos dos eventos realizados nos anos anteriores, com destaque para o pessoal do Canoísmo, que mesmo sem patrocínio atuou na Ilha Grande, como também a participação de Céline Cousteau, neta do legendário Jacques Cousteau em frente ao Hotel Marriot, Copacabana, que escolheu a cidade para participar do movimento por ser uma das mobilizações que mais cresceu nos últimos anos no mundo. Debateu-se a limpeza na orla das principais cidades cariocas e fluminenses, sugerindo a realização de um programa de conscientização com a população e com os turistas, principalmente em períodos que antecedam grandes eventos, como shows na orla, Carnaval e Reveillon.

Alguns parceiros do Clean Up, (Supermercados Prezunic e Colégio Palas) apresentaram projetos sobre sustentabilidade. Este ano o ponto forte do evento será na Lagoa Rodrigo de Freitas.

O movimento, que teve início na Austrália, é uma campanha global, que inspira e capacita as comunidades ao redor do globo para limpar, arrumar e conservar o meio ambiente. A ação começou a ser desenvolvida no RJ em 2003, com a campanha Limpeza na Praia, em Copacabana e na Barra da tijuca, e a revitalização das bacias hidrográficas de Jacarepaguá, se tornando permanente na agenda do Pacto de Resgate Ambiental do Rio de Janeiro, do qual participam além do poder público, empresas ambientalmente responsável e a sociedade civil organizada.

Todos os resíduos coletados são catalogados, para gerar um Relatório Final para o Programa Ambiental da Organização das Nações Unidas, ONU/UNEP, e destinados às cooperativas e instituições de reciclagem. O evento terminou com uma leitura feita por Hildo. uma linda carta recebida da Saab – Coca Cola, declarando o agradecimento por poder cooperar com o Instituto Aqualung na preservação das Lagoas e Praias.

Fonte: Assessoria do evento

Os comentários estão encerrados.