Campanha Pratique Cidadania já está nas ruas e ônibus

Recadastramento escolar já começou
10 de janeiro de 2011
Kassab anuncia até R$ 409 milhões para transportes
11 de janeiro de 2011

Na manhã de hoje, dia 10, os usuários do transporte coletivo que circularam pelo Terminal D.I.A receberam panfletos e camisas da campanha Pratique Cidadania. Assinada pelo Ministério Público Estadual, Conselho Municipal e Estadual da Pessoa com Deficiência e Conselho Estadual e Municipal da Pessoa Idosa, a ação pede respeito a idosos, pessoas com deficiência, gestantes, pessoas com crianças de colo e obesos no interior dos ônibus e pontos de parada.

Alvos do trabalho, os idosos e pessoas com deficiência aprovaram a iniciativa. “Não tenho do que reclamar não. Todas as vezes que preciso utilizar o transporte coletivo sou bem tratada, mas é sempre bom lembrar as pessoas de nos tratarem bem”, disse Jacira Pereira, 84 anos, ao ganhar uma camisa da campanha.

Já Maria José de Jesus, 72 anos, tem suas queixas. “Muitas vezes fico esperando que cedam lugar para eu sentar. Tem gente que até finge que está dormindo ou fica olhando pela janela para não dar lugar ao idoso. Muitos motoristas e cobradores precisam pedir pra nos deixarem sentar”, lamenta ela aprovando a campanha.

DIREITOS E DEVERES

A campanha envolve cartazes e adesivos que já se encontram fixados nos ônibus da frota que circula em Aracaju e região metropolitana, vídeo de 30’ que já em veiculação nas TVs Sergipe, Atalaia e Cidade até meados de fevereiro, além de panfletos educativos que serão distribuídos nos Terminais de Integração durante o mês de janeiro em dias e horários alternados.

Os materiais respondem dúvidas como ‘Quem tem prioridade para usar a poltrona?’, ‘Quem tem prioridade no embarque e desembarque?’, ‘Quem deve desembarcar pela porta dianteira?’, ‘Quem deve se identificar?’ sempre destacando os direitos e os deveres do usuário do transporte coletivo com linguagem simples e direta.

Com esse trabalho de conscientização, que estará também sendo divulgado nas traseiras dos ônibus que circulam pela cidade, a população será convidada a ceder o acento para idosos, pessoas com deficiência, gestantes e pessoas com crianças de colo. A campanha também chama a atenção para que esses usuários tenham prioridade no momento do embarque e desembarque do ônibus.

Ainda orientando os usuários sobre direitos e deveres, as peças da campanha alertam que o desembarque pela porta dianteira só deve ser feito gratuitamente por pessoas com deficiência, idosos com 65 anos ou mais. Já gestantes e obesos têm a opção de efetuar o pagamento da passagem e descer pela porta dianteira. Do mesmo modo, por terem gratuidade no transporte coletivo, as pessoas com deficiência e idosos com 65 anos ou mais devem se identificar ao motorista e cobrador.

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard