Ônibus híbrido, com fins ecológicos, poderá ser adotado em SP

ANTP TV discute Planos Cicloviários Municipais
20 de outubro de 2010
Sorteio dos netbooks é adiado
25 de outubro de 2010

Sob a influência de um compromisso global com melhorias ao meio ambiente, como por exemplo, o de reduzir as emissões de dióxido de carbono em 20% até 2020, a Prefeitura de São Paulo poderá adotar uma solução ecológica para o transporte público da cidade.

Um ônibus híbrido movido tanto a diesel quanto a eletricidade, a partir de dois motores diferentes, foi apresentado pelo prefeito Gilberto Kassab na manhã de ontem. O veículo passará por um teste inicial de 15 dias, que vai até o início de novembro. Ele vai operar em uma linha que liga a Cidade Universitária à Aclimação, contou o secretário municipal de Transportes, Marcelo Branco.

Conforme a assessoria da prefeitura, a provação do modelo híbrido será feita ao lado de quatro ônibus em operação, movidos somente a diesel, para que o desempenho dos veículos seja comparado. O protótipo deverá retornar a ser testado novamente em março de 2011. A partir de todos esses testes nós teremos os parâmetros para a eventual compra desse tipo de veículo, disse Branco.

Diesel de cana

Em julho, a prefeitura colocou para circular na cidade três ônibus em outro projeto experimental. Por seis meses, os automóveis seriam abastecidos com 90% de diesel comum e 10 % de diesel de cana-de-açúcar. O segundo combustível reduz significativamente e emissão de poluentes.

Fonte: DCI

Os comentários estão encerrados.