Trânsito de Aracaju receberá intervenções

SETRANSP sorteia dois netbooks
1 de outubro de 2010
Empresas e SMTT montam esquema especial de transporte para eleição
1 de outubro de 2010

Durante solenidade realizada na manhã de segunda, 27, no auditório da Superintendência  Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), o prefeito Edvaldo Nogueira assinou cinco ordens de serviço e uma de fornecimento para melhorar a mobilidade dos cidadãos aracajuanos. Os contratos são destinados à sinalização turística, horizontal, vertical, construção de ondulações transversais e aquisição de motocicletas para os agentes de trânsito. Os investimentos somam mais de R$ 3 milhões em projetos que serão realizados até o ano que vem.

As medidas anunciadas têm a mesma proposta de intervenções anteriores, a exemplo da implantação de semáforos inteligentes, a inversão do trânsito na avenida Zaqueu Brandão e a proibição de estacionamento nas avenidas Barão de Maruim e Desembargador Maynard. O sentido não é encontrar uma solução no trânsito para o carro ou para o ônibus, mas para o cidadão, destacou o prefeito Edvaldo Nogueira. A facilidade de aquisição do veículo próprio é uma coisa boa, mas também gera problemas na cidade, por isso é preciso que a sociedade mude o conceito, acrescentou.

A primeira ordem de serviço assinada autoriza a contratação de empresa para confecção e implantação da sinalização destinada a orientar o turista e indicar atrativos turísticos do município de Aracaju. O projeto será realizado em quatro etapas e prevê a instalação de 176 placas em locais com grande fluxo de turistas, como praias e a região do Centro Histórico. O Ministério do Turismo vai arcar com 90% dos custos e a Prefeitura de Aracaju com 10%, resultando num investimento de R$ 2,4 milhões. O prazo para que as empresas Sinalmig e Sinales Sinalização realizem o serviço é de 180 dias. 

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esportes (Funcaju), Waldoilson Leite, esse foi um passo importante para a cidade. A sinalização turística vai beneficiar tanto quem chega pela BR como pela ponte Joel Silveira, além de quem vem do aeroporto, explicou. Ainda de acordo com ele, para definir os locais contemplados pelo projeto, a diretora de Turismo da Funcaju, Tanit Bezerra, teve diversas reuniões com a equipe técnica da SMTT.

Ações

Na mesma ocasião, o prefeito de Aracaju assinou a ordem de serviço que libera recursos da própria SMTT – pouco mais de R$ 489 mil – para demarcação viária e implantação de sinalização horizontal. Mais de 333 metros serão sinalizados pelas empresas Sales Serviços e Trigonal Engenharia até dezembro deste ano. De acordo com o superintendente da SMTT, Osvaldo Nascimento, esses projetos vão melhorar a fluidez do trânsito em Aracaju.

Também com recursos do município serão confeccionadas 1.552 placas de sinalização vertical para os bairros Augusto Franco, Atalaia, Bugio e Siqueira Campos. A SMTT investirá aproximadamente R$ 128 mil no projeto, que tem como contratadas as empresas 3M do Brasil, Matiz Indústria de Placas de Sinalização e Engel Engenharia.

A ordem de serviço de menor valor é a que libera R$ 100 mil para a construção de ondulações transversais em vias e logradouros de Aracaju até março de 2011. A SMTT prevê que a empresa Construtora Lider construa no prazo estabelecido no contrato um total de 110 unidades.

Central de Inteligência

Diretamente vinculada à atuação dos agentes de trânsito, a ordem de fornecimento também assinada pelo prefeito Edvaldo Nogueira nesta segunda-feira autoriza a aquisição de 30 motocicletas, o que representa um investimento de R$ 250 mil. Além disso, a equipe da SMTT apresentou o Centro de Inteligência de Transportes de Trânsito (CITT), que começou a funcionar nesta segunda.

A principal ferramenta do CITT é o conjunto de câmeras instaladas em 12 cruzamentos da cidade: avenida Ivo do Prado com Barão de Maruim; Beira Mar com avenida Francisco Porto; Tancredo Neves e Murilo Dantas; avenida Hermes Fontes com Barão de Maruim; Gonçalo Rollemberg Leite, Sílvio Teixeira e Tancredo Neves; avenida Augusto Franco com Gonçalo Rollemberg Leite e Desembargador Maynard; além dos entroncamentos da avenida Sílvio Teixeira com Pedro Valadares e rótula do São Conrado, na avenida Heráclito Rollemberg.

A função das câmeras é, além de detectar problemas nas vias em tempo real, identificar infrações e estudar as melhorias que as vias necessitam para que ocorram menos congestionamentos. Todas as 12 unidades conseguem captar imagens em 360° por 24 horas, sem interrupção. Esse sistema possibilitará a implantação futura da Central Semafórica, que reduzirá o tempo de espera e a intervenção remota no tempo dos semáforos.

Estamos investindo na garantia da qualidade de vida. Hoje todas as ruas da nossa cidade são identificadas, mas o que tem de sinalização turística está deteriorado. Aracaju é outra cidade. Os últimos cinco anos têm sido de melhorias para a cidade de Aracaju. Não é à toa que foi em nossa gestão que a cidade recebeu o título de melhor qualidade de vida, disse o prefeito, que disse estar unindo esforços para elaborar um projeto e buscar recursos para a implantação do metrô de superfície.

Fonte: Site SMTT

Os comentários estão encerrados.