SETRANSP rebate críticas ao recadastramento

Recadastramento só na sede e postos do SETRANSP
5 de março de 2009
Progresso lança projeto café de ideias
11 de março de 2009

Anualmente, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju – SETRANSP – realiza o processo de recadastramento dos usuários do cartão Mais Aracaju Escolar.

Por esse motivo, esse ano, a sede do sindicato, situada na Rua F – D.I.A – preparou uma estrutura diferenciada para atender a clientela com uma ainda maior comodidade. Na área externa do espaço foi instalado um toldo sob o qual estão dispostas fileiras de cadeiras que acomodam as pessoas que aguardam atendimento. 

Outra medida adotada foi a contratação de novos funcionários, entre eles organizadores de filas, e a distribuição de senhas. Além disso, quem comparece à sede do SETRANSP em busca de outros serviços, como comprar créditos, resgatar ou atualizar cartões, têm atendimento diferenciado, em filas separadas das pessoas que buscam o recadastramento estudantil.

Toda essa estrutura foi montada desde o início do mês de janeiro, período em que o SETRANSP deu início ao processo de recadastramento do Mais Aracaju Escolar 2009.  Desde a época, o sindicato preocupou-se em divulgar na mídia de forma geral, assim como fixar cartazes nos ônibus e realizar panfletagem nos estabelecimentos de ensino, informações sobre o procedimento a ser adotado pelos estudantes para o recadastramento.

Apesar dos apelos, os primeiros recadastramentos só foram realizados a partir da primeira semana de fevereiro, em número bastante tímido, conforme mostram dados estatísticos do SETRANSP. No dia 6 de fevereiro apenas dez, dos mais de 60 mil cartões Mais Aracaju Escolar ativos, foram revalidados.

No dia 9, o número passou para 268 e se manteve nessa média durante todo o mês. Já nessa primeira semana do mês de março, devido à proximidade da data limite do recadastramento, inicialmente marcada para 13 de março, o movimento de pessoas nos postos cresceu vertiginosamente.

Diante da situação e buscando oferecer maior comodidade aos usuários do transporte coletivo de Aracaju, o SETRANSP agiu prontamente. A primeira medida adotada foi prorrogar o prazo final para o recadastramento, que passou para 30 de março.

Em atenção aos estudantes, o SETRANSP também ampliou o horário de atendimento. A partir do próximo fim de semana, dia 7, a sede do sindicato estará funcionando aos sábados e domingos, das 8h às 16h. No feriado do dia 17 de março, aniversário de Aracaju, o SETRANSP também não interromperá o atendimento que será feito igualmente das 8h às 16h.

Apesar de sobrecarregados, os postos estão em plena atividade recadastrando em um tempo médio de seis minutos. Dada a agilidade do procedimento, taxá-lo de ineficiente e mal planejado, como ressaltou o editorial da edição do dia 5 de março do Jornal do Dia e outras matérias veiculadas na imprensa, demonstra falta de conhecimento e irresponsabilidade no trato com a notícia.

Não se pode comprometer a bilhetagem eletrônica, uma bem sucedida e moderna tecnologia de cobrança de passagens que se encontra em vigor em todas as capitais brasileiras, baseando-se apenas em fatos que nada mais evidenciam que a velha cultura brasileira de ?deixar tudo para a última hora' continua irretocável.

Prova disso, por exemplo, são as filas intermináveis nas vésperas da apresentação da Declaração de Isento do Imposto de Renda, após meses do início do procedimento. E o que dizer dos congestionamentos no site da Receita Federal no último dia da entrega da Declaração do Imposto de Renda? Taxar de ineficiente o sistema da Receita Federal devido ao congestionamento provocado pelo excessivo número de acessos não beira a crítica vazia e sem propósito?

Lamentavelmente, essa mesma medida fora de contexto está sendo aplicada à bilhetagem e ao SETRANSP. O sindicato, no entanto, ratifica sua missão de trabalhar em prol do bom atendimento e da qualidade de vida de todos os usuários do transporte coletivo da capital sergipana.

Os comentários estão encerrados.