Assaltos a ônibus caem quase 90% em Aracaju e região Metropolitana

Alberto Almeida recebe título de Cidadão Aracajuano
14 de março de 2020
Setransp e empresas de ônibus colocam em prática plano de ação em prevenção ao coronavírus
16 de março de 2020

Foto: Jorge Henrique

A redução de assaltos a ônibus atingiu o percentual de quase 90%, sendo o menor índice dos últimos quatro anos. Segundo dados do Sindicato das Empresas de Transporte e Passageiros (Setransp), em janeiro e fevereiro deste ano foram registrados 38 casos. No mesmo período de 2019, foram notificados 51 assaltos, e em 2018, 95 crimes, sendo menores se comparado a 2017, quando foram registrados 45 roubos, e em 2016, 363.

Esses números vêm representando sucessivas quedas na incidência da prática desse tipo de crime. Apenas nos primeiros dois meses de 2020, o percentual foi de 25,49%. Já em comparação com 2016, ano com o maior índice de assaltos a ônibus, a redução foi de 89,53%. Para atingir esse resultado positivo, o Setransp e as empresas de ônibus se reúnem com frequência com o comando da Polícia Civil e Polícia Militar, que fazem o mapeamento e análises das demandas apresentadas para a intensificação da abordagem da PM e também do patrulhamento ostensivo da Guarda Municipal.

“A redução de assalto se deve as estratégias e ações direta das Polícias Civis, Militar, Guarda Municipal, nos locais onde tem maior número de assaltos, horários e dias da semana. Assim, conseguimos realizar pesquisas para saber a melhor forma de atuar e proteger a população contra assaltos a ônibus”, descreveu Alberto Almeida.

Ele reforçou também que após o assalto, rapidamente, o motorista e o cobrador acionam o 190, e avisam da ocorrência, impossibilitando que o suspeito faça uma nova investida. “Com essa ligação, a polícia já rastreia e atua rapidamente. Enquanto isso, nas garagens, o serviço de monitoramento já providencia o envio das imagens das câmeras para o serviço de inteligência da polícia”, pontuou Alberto Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *