Passageiros têm rotina afetada, com direito de ir e vir ferido após atos de vandalismo

Ação de vandalismo dos clandestinos tira 45 ônibus de circulação; Setransp repudia
31 de julho de 2015
Terminal DIA sofre nova ação de vandalismo
10 de agosto de 2015

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) contestou a ação de vandalismo, que aconteceu na madrugada da última sexta-feira, 31, coincidentemente junto com o protesto dos táxis clandestinos. O ato tirou de circulação, 48 ônibus da frota do transporte coletivo, afetando a rotina dos mais de 230 mil passageiros, que utilizam diariamente o transporte. 

 

Segundo informações da imprensa e dos usuários do transporte, os manifestantes fecharam ruas, pararam os ônibus, obrigaram os passageiros a descer e, em seguida, teriam secado os pneus dos veículos. Os moradores da região do Bairro Santa Maria foram os mais afetados. Questionado a respeito, o Setransp lamentou o dano, e disse que esse ataque ao patrimônio público, é um desserviço de maior dano à população, que está tendo seu direito de ir e vir ferido. 

 

Foi dia lamentável para os passageiros, rodoviários e todos os que fazem parte do setor do transporte. Um prejuízo irreversível à população. Mas as empresas de ônibus atuaram com o reparo de urgência desses veículos danificados para que o tráfego do transporte coletivo voltasse à sua regularidade o mais rápido, já a partir das 12h no dia da ocorrência, disse o presidente do Setransp, Alberto Almeida. 

 

O sindicato destacou também a atuação imediata da Polícia Militar para conter o vandalismo, e alertar que o processo de apreensão daqueles que estão à margem da lei e agindo de tal maneira estava iniciado. 

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard