Kassab reajusta subsídio para ônibus em 17%

Posto da Unit fecha durante férias escolares
25 de junho de 2012
10 multas de trânsito que poucos conhecem, mas custam caro
27 de junho de 2012

A Prefeitura de São Paulo aumentou o valor do subsídio repassado aos oito consórcios de ônibus e às cooperativas de perueiros da cidade em 17% como justificativa para manter a tarifa em R$ 3. Com o acréscimo, as empresas receberão R$ 772,5 milhões até o fim de 2012. No início do ano, a previsão era de que a Prefeitura repassasse R$ 660 milhões. O aumento foi publicado nesta terça-feira no Diário Oficial da Cidade.

O prefeito Gilberto Kassab (PSD) costuma argumentar que o aumento do subsídio é necessário para manter o preço da passagem no atual valor. O último aumento no bilhete de ônibus foi realizado em 5 de janeiro de 2011, quando a viagem passou de R$ 2,70 para R$ 3. Até o início de 2010, a passagem de ônibus de São Paulo custava R$ 2,30. A manutenção do valor no primeiro ano de mandato havia sido uma promessa de campanha de Kassab. Para manter o preço por quatro anos, a Prefeitura desembolsou cerca de R$ 2 bilhões em subsídios.

Fonte: O Estado de S. Paulo.

Os comentários estão encerrados.