PMA anuncia melhorias para o transporte público

ANTP TV discute redução do número de vítimas no trânsito
26 de maio de 2011
Uso do transporte público caiu 30% na última década
31 de maio de 2011

A mobilidade urbana em Aracaju passa por um momento histórico. Depois de construir a maior rede cicloviária do país, proporcionalmente ao número de habitantes, e de realizar a maior renovação já feita na frota de transporte coletivo, o prefeito Edvaldo Nogueira acaba de anunciar um pacote de medidas que irão transformar significativamente a mobilidade urbana e as relações de trânsito em Aracaju.

O ato foi realizado na manhã desta segunda, dia 30, no auditório da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), com a presença de autoridades municipais, vereadores, presidentes de sindicatos e representantes da sociedade civil. Antes de anunciar as novas medidas, o prefeito destacou a importância de priorizar a política de transporte público. De acordo com Edvaldo, a mobilidade é um dos principais desafios da humanidade nos próximos anos.

Pela primeira vez na história de Aracaju, os gestores municipais irão elaborar um Plano Diretor de Mobilidade Urbana. Nós já investimos em ações, mas são medidas circunstanciais, embora sejam bem estudadas e planejadas. Agora faremos um estudo profundo que será fundamental para evitar acidentes e melhorar o trânsito nos próximos 10 anos, informou o prefeito.

Licitação

A facilidade de crédito que o cidadão tem atualmente para adquirir um veículo é um dos fatores que propiciam o inchaço e os congestionamentos no trânsito. Por isso, uma boa saída apontada por estudiosos para desafogá-lo é a melhoria do transporte público. Atento às reivindicações da população, o prefeito Edvaldo Nogueira assinou três importantes decretos que visam atender a algumas demandas reprimidas na área do transporte público.

O principal deles, de nº 3.433, cria uma comissão com o objetivo de estabelecer as diretrizes para a realização da licitação para a concessão do serviço de transporte público coletivo do município de Aracaju.

A nossa comissão será fundamental para pensar melhorias essenciais no transporte público de Aracaju. Em 60 dias, ela deverá concluir um modelo de licitação para a contratação do transporte coletivo em Aracaju. O presidente da comissão é o superintendente da SMTT, Antônio Samarone, junto com mais seis gestores. Com o modelo em mãos, abrirei a discussão para a participação de toda a sociedade, garantiu Edvaldo.

O prefeito destacou ainda que participarão da elaboração da licitação o governador do Estado, Marcelo Déda, e os prefeitos dos municípios que compõem a Grande Aracaju – Fábio Henrique, de Nossa Senhora do Socorro, Gilson dos Anjos, da Barra dos Coqueiros e Alex Rocha, de São Cristóvão.

Envelopamento

O envelopamento dos táxis em Aracaju foi destacado pelo prefeito e pelas autoridades presentes como uma das medidas mais inovadoras já anunciadas pela Prefeitura de Aracaju. De acordo com o decreto, os taxistas não têm mais a obrigatoriedade de comprar carros brancos. Em contrapartida, para facilitar a identificação dos veículos autorizados pela prefeitura a realizar o serviço de transporte individual de passageiros, o brasão da administração municipal será colocado em todos os carros.

Quando o taxista compra um carro de cor branca, o carro é desvalorizado mais rápido, a capacidade de revenda é menor. Agora, eles podem utilizar veículos de qualquer cor. E, a partir desse envelopamento, modificaremos o layout, para facilitar a fiscalização e coibir o transporte clandestino, afirmou Edvaldo Nogueira.

As cores utilizadas no novo layout, o azul e o amarelo, são as cores oficiais da SMTT, utilizadas com o objetivo de facilitar a identificação dos veículos por parte da população. Vale ressaltar que o novo layout dos táxis foi escolhido através de um consenso entre os órgãos municipais e os taxistas, e que o envelopamento foi destacado por eles como uma medida de grande benefício para a categoria.

Hoje em dia, qualquer cidadão que possui um carro branco tem maior facilidade de atuar na clandestinidade. É só encostar o carro em um ponto de táxi, colocar um luminoso em cima do veículo ou circular pela cidade. Isso confunde a população e dificulta a fiscalização. Por isso, o envelopamento é uma das maiores ações já anunciadas pelo prefeito Edvaldo Nogueira, elogiou o presidente do Sindicato dos Taxistas de Aracaju, Luiz Cunha, conhecido pela categoria como Nena Taxista.

Transporte escolar

Os motoristas que realizam transporte escolar em Aracaju também serão beneficiados com as novas medidas de regulamentação do serviço, através do decreto nº 3.477. Atualmente, 125 pessoas têm a permissão para a realização do serviço. Todas elas terão seu registro atualizado e o número de concessionários será ampliado.

Aracaju cresceu muito nos últimos anos e os permissionários que existem já não são capazes de dar conta do serviço. Além da Zona de Expansão, temos novos conjuntos habitacionais. Por isso, vamos aumentar para 250 o número de motoristas que realizam o transporte escolar, ampliando as oportunidades de emprego, afirmou Edvaldo, ao enfatizar que a escolha dos concessionários do serviço será criteriosamente analisada.

Além da ampliação dos permissionários, o decreto também permitirá aos concessionários a oferta do serviço de fretamento durante o período de férias escolares, época em que a renda mensal desses motoristas diminui significativamente. Assim como os taxistas, os motoristas de transporte escolar também terão o layout dos seus veículos modificado, através da inclusão do brasão da Prefeitura de Aracaju.

Para Marcos Lopes, presidente da Associação dos Transportes Escolares de Aracaju, as medidas beneficiam tanto os permissionários do serviço quanto a própria população que depende do transporte. A população só tende a ganhar com a criação do novo layout nos carros que realizam o transporte escolar, pois o brasão da PMA ajudará a população a identificar melhor os carros e a contratar o serviço, afirmou Marcos.

Cadastramento biométrico

Por último, o prefeito Edvaldo Nogueira anunciou o início do cadastramento biométrico dos idosos, que irá garantir o exercício do direito à gratuidade que eles tem. A partir do dia 6 de junho, pessoas que têm mais de 60 anos poderão se dirigir a qualquer Centro Social do município para realizar o cadastramento. O primeiro a realizar o serviço é o Centro Social do Conjunto Augusto Franco.

A partir de então, os idosos não precisarão mais entrar e descer pela porta da frente e nem terão que mostrar a carteira de identidade a todo momento, como se não fossem cidadãos como todos os outros, disse Edvaldo.

Presenças

Prestigiaram o anúncio das novas medidas a secretária municipal de Governo Tânia Soares, além da vereadora Karla Trindade e o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Sergipe (Setransp) José Carlos Amâncio.

 

Fonte: PMA

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard