SMTT cria Comitê contra a violência no trânsito

Cuiabá planeja ônibus sem cobradores até 2014
7 de abril de 2011
Constituição assegura gratuidade a idosos somente a partir dos 65 anos
8 de abril de 2011

Na noite desta quarta-feira, dia 6, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito – SMTT lançou um novo projeto de combate à violência no trânsito: o Comitê Municipal de Mobilização pela Saúde, Segurança e Paz no trânsito.  O evento aconteceu no auditório da Sociedade Médica de Sergipe – Somese e reuniu representantes de diversas entidades que apoiam a iniciativa, dentre elas estão o Detran, a OAB, o Crea, PRF, Secretaria Municipal de Saúde, Associação dos Motociclistas etc.

Outra entidade que se mostrou disposta a apoiar a causa foi o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju – SETRANSP. “Estamos prontos para ajudar no que for preciso e, principalmente, para discutir de que maneira podemos melhorar o caos que existe hoje no trânsito da capital, melhorando, consequentemente, o transporte que ofertamos” reafirmou José Carlos Amâncio, superintendente do SETRANSP.

A idéia de criação do Comitê Municipal surgiu a partir da idéias lançadas pelo Comitê Nacional de Mobilização pela Saúde, Segurança e Paz no Trânsito que faz parte do Plano Nacional de Segurança no Trânsito para a década de 2011 a 2020. E, tem o objetivo de mobilizar e promover discussões sobre a problemática do trânsito, tentando reduzir, ao máximo, o grande número de acidentes.

Para Antônio Samarone, superintendente da SMTT, é fundamental esse trabalho coletivo, onde cada entidade cumpre seu papel da maneira que pode. “Um dos exemplos são as escolas, que não podem se furtar do seu papel. Se é lá que aprendemos grande parte do que sabemos, é natural que tenhamos também aulas de educação no trânsito”.

Samarone ainda completou, dizendo que o lançamento do Comitê é apenas o pontapé inicial para a busca de soluções. “Formaremos um grupo com os representantes de cada entidade para discutir sobre o problema e estaremos sempre apresentando os resultados para não deixar a o problema ser esquecido”, ressaltou.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard