R$ 1 bilhão para corredores rápidos
12 de abril de 2010
Deputados realizarão audiência sobre BRT
16 de abril de 2010

A Secretaria Municipal do Trânsito, Transportes e Mobilidade de Caxias do Sul (RS) estuda, juntamente com a Comissão de Legislação Participativa e Comunitária da Câmara de Vereadores – CLPC –, uma solução para as gratuidades no transporte coletivo.

A principal ideia apresentada foi a de criação pelo Executivo de um fundo municipal para o subsídio das gratuidades. Segundo o presidente da CLPC, vereador Rodrigo Beltrão (PT), a proposta, bem como a origem dos recursos, vai ser elaborada na comissão e em seguida encaminhada à prefeitura.

Durante audiência ocorrida ontem, dia 12, houve concordância com a manutenção das gratuidades, mas a maneira como ela deve ser promovida ainda é um impasse. O presidente da UAB defende a continuidade dos benefícios aplicados hoje, sem mudança no direito de idosos, estudantes e do dia de passe livre.

O gerente administrativo e financeiro da Viação Santa Tereza , Gustavo dos Santos,  falou sobre o uso de critérios para a distribuição das isenções. De acordo com Santos, das 160 mil pessoas que utilizam o transporte público diariamente, 22% têm algum tipo de gratuidade, o que pressiona os custos, uma vez que este número estava em 12% há cinco anos.

Os comentários estão encerrados.