SETRANSP realiza manutenção nos terminais

Posto D.I.A volta a operar
11 de novembro de 2009
SETRANSP realiza encontro com lojistas
18 de novembro de 2009

O sistema de transporte de passageiros de Aracaju e região metropolitana transporta cerca de sete milhões de passageiros por mês em uma frota média composta por 600 veículos. Para facilitar o deslocamento dos usuários, o sistema conta com nove terminais de integração que são administrados pelas empresas que operam o serviço.

A Tropical é responsável pelos terminais Leonel Brizola (Rodoviária Nova), Albano Franco (Campus) e São Cristóvão. Já a Viação Progresso cuida do terminal Fernando Sávio (Centro). Os terminais Maracaju e Manoel Aguiar Menezes (Mercado) são administrados pelas Viações Modelo e Halley. O terminal D.I.A é de responsabilidade da São Cristovão. Já o Minervino Fontes (Atalaia) e o Franklin de Oliveira (Marcos Freire) ficam a cargo da VCA.  

Os locais, apesar de serem constantemente monitorados, apresentam, frequentemente, banheiros destruídos (sem pias, torneiras e vasos), asfalto comprometido, paredes pichadas, tetos danificados e pisos táteis soltos. Muitos desses problemas são provocados pelo mau uso e pela ação de vândalos.

Atento à situação e preocupado em oferecer um ambiente em perfeitas condições de uso aos clientes do transporte coletivo, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju – SETRANSP – montou uma operação que conta com pintura, manutenção elétrica, lavagem e dedetização dos terminais. Tais serviços vem sendo feitos ao longo do ano e se estenderão até o fim de dezembro.

 

LAVAGEM

Nos meses de agosto e setembro deste ano, foram realizado os serviços de pintura; arborização; troca de pias, torneiras, vasos sanitários e lâmpadas; manutenção nas redes de esgoto e elétrica. Além disso, todos os terminais receberam uma lavagem especial (realizadas durante a madrugada, quando não existe fluxo nos terminais).

As limpezas foram programadas e realizadas no mês de outubro, de acordo com a seguinte escala: 17/10 – Terminal Mercado; 18/10 – Terminal Atalaia; 21/10 – Terminal Fernando Sávio – Centro; 24/10 – Terminal Maracaju; 31/10 – Terminal Leonel Brizola. 

Outro grande problema que atinge os terminais e que vinha sendo alvo de reclamações por parte de quem transita e trabalha no local é a infestação de ratos e baratas. Porém, no que depender do sindicato, tais insetos e roedores estão com os dias contados.

Isso porque o SETRANSP planeja realizar até dezembro a dedetização em todos os terminais. Mas o serviço não será feito apenas nos postos de venda SETRANSP. A dedetização será realizada em toda a área dos terminais, englobando banheiros, guaritas e, principalmente, lanchonetes e box que também são prejudicadas com os indesejáveis ‘visitantes’.

Os comentários estão encerrados.