Coral encantar leva espírito natalino aos terminais

SETRANSP interrompe atendimento às 12h de amanhã
30 de dezembro de 2008
Valor da passagem em Maceió aumenta para R$ 2,00
2 de janeiro de 2009

Os usuários do transporte coletivo que passaram pelo Terminal Leonel Brizola, na tarde de ontem, dia 29, tiveram uma surpresa das mais agradáveis.

 

Todos foram agraciados com uma bela apresentação do coral Encantar, formado pelos filhos dos colaboradores das Viações Progresso e Tropical. O grupo entoou conhecidas canções natalinas impressionando a todos os presentes. ?Muito lindo. Estão todos de parabéns?, repetia a dona de casa Maria de Lourdes Sousa.

 

A admiração fica ainda maior quando se considera que os jovens estão ensaiando há apenas dois meses. Apesar de ser um desejo antigo do empresário Adierson Monteiro, diretor-presidente das empresas, somente agora, com a constituição e atuação efetiva do setor de Recursos Humanos das viações, foi possível tornar o coral uma realidade.

 

?Sempre ansiei pela constituição desse coral. Para mim é uma grande satisfação vê-lo se apresentar. Acredito que para os pais desses jovens também seja. Ações desse tipo fazem com que a relação do colaborador com a empresa fique ainda melhor. Isso reflete no bom atendimento aos usuários?, destacou Adierson bastante emocionado ao ouvir as canções entoadas pelo Encantar.

 

A emoção foi ainda maior para o pai-coruja Jorge Kasane Filho. Motorista há cinco anos da Viação Progresso, ele acompanha atentamente todos os movimentos dos dois filhos que integram o coral. ?Estou muito orgulhoso dos meus filhos. Sinto-me muito realizado também de trabalhar na Progresso. Passei muito tempo sem emprego, agora, no cargo de motorista, consigo garantir o sustento da minha família?, declarou ele sem tirar os olhos da apresentação.

 

O depoimento de Jorge dá à assistente social Simone Nunes a certeza de que a empresa está no caminho certo ao apoiar iniciativas desse tipo. ?O trabalho visa provocar o envolvimento de toda a família com a empresa. Esse projeto está conseguindo fazer isso?, garante ela.

 

A gerente de Gestão de Pessoas Vanessa Mitidieri é da mesma opinião. ?Estamos promovendo o desenvolvimento sócio-educativo de nossos colaboradores e familiares, o que gera um grande ganho para a empresa e sociedade de um modo geral?, acredita a gerente.

 

NOVOS TALENTOS

O coral é constituído por 26 crianças e adolescentes, entre sete e 16 anos. Todos participam de aulas de canto gratuitamente, no Sest/Senat, e estão cheios de planos com o talento desvendado recentemente.

 

Uma revelação descoberta pelo maestro Daniel Freire é Maria Cecília Lima Bezerra, 11 anos. Ensaiando no espelho desde pequena, ela sonhava em cantar profissionalmente, mas nunca pensou que teria uma chance. ?Estou adorando fazer parte do coral. Vivia cantando em casa, mas nunca tinha tido a oportunidade de me apresentar. Está sendo muito bom?, revela ela feliz da vida.

 

Parte dessa felicidade vem do incentivo que o maestro dá a ela e aos demais alunos. ?Ele dá muita força a todos?, afirmou Maria Cecília. A filha do motorista Jorge, Driele de Andrade, 13 anos, também é só alegria. ?Nunca tinha me imaginado cantando. Está sendo muito legal?, disse ela depois da apresentação.

Os comentários estão encerrados.

ATENÇÃO!!!

Clique aqui para acessar o site da Aracajucard