Nossa História

Fundado no dia 27 de fevereiro de 1992, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Município de Aracaju – Setransp – nasceu com a missão de intermediar duas classes distintas e, por vezes, antagônicas: a dos empresários e a dos trabalhadores em transporte.

Com o advento da instituição, os colaboradores do setor passaram a ter um local para o qual dirigir as suas reivindicações salariais. A classe empresarial, por sua vez, conquistou um representante qualificado a fim de garantir um serviço de qualidade e a defesa dos seus interesses.

À época, as empresas integrantes do sistema de transporte da capital sergipana e região metropolitana eram a Viação Progresso, Viação Halley, São Pedro, Graças, RotaSul, Viação Santa Maria, Fátima e Trans Fátima. Ao longo do tempo, o conjunto das empresas se modificou. Atualmente, 6 viações fazem o serviço, Viação Progresso, Paraíso, Transporte Tropical , Viação Modelo, Viação Halley, Atalaia.

Bilhetagem eletrônica

Durante vários anos, o sindicato também foi responsável pela comercialização do passe-escolar e dos vales-transporte em tíquetes de papel. Hoje, após implantar da bilhetagem eletrônica, o Setransp gerencia o processo de confecção dos cartões Mais Aracaju e Mais Fácil Suburbano, assim como a venda de créditos eletrônicos.

Nos pilares do seu trabalho, está a preocupação com o bem-estar, de maneira ampla, dos usuários do sistema de transporte coletivo de Aracaju. Prova disso, é a constante realização de campanhas educativas direcionadas a pessoas de todas as idades.

Projetos sócio-ambientais

Na área ambiental, o sindicato promove, desde 2005, a reciclagem de todo o lixo produzido nas suas instalações. Em 2011, foi além das suas dependências, convocando empresas filiadas e parceiros a se juntarem ao internacional Clean Up The Word, projeto que acontece desde 2003 em 125 países. Em uma ação pioneira, o Setransp foi o responsável por fazer de Aracaju a primeira capital do Nordeste brasileiro a se engajar no projeto.