Linha do Tempo

Em maio de 1993, com um total de 20 funcionários, o Setransp realizava, exclusivamente, atividades administrativas. À época, o comércio do vale-transporte era realizado pelo Transpase.

Fundado no dia 27 de fevereiro de 1992, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Município de Aracaju – Setransp – nasceu
com a missão de intermediar duas classes distintas e, por vezes, antagônicas: a dos empresários e a dos trabalhadores em transporte.

Com o advento da instituição, os colaboradores do setor passaram a ter um local para o qual dirigir as suas reivindicações salariais. A classe empresarial, por sua vez, conquistou um representante qualificado a fim de garantir um serviço de qualidade e a defesa dos seus interesses.

À época, as empresas integrantes do sistema de transporte da capital sergipana e região metropolitana eram a Viação Progresso, Viação Halley, São Pedro, Graças, RotaSul, Viação Santa Maria, Fátima e Trans Fátima. Ao longo do tempo, o conjunto das empresas se modificou.

Atualmente, oito viações fazem o serviço, Viação Progresso, Trasnporte Tropical , Viação Modelo, Viação Halley, São Cristóvão, São Pedro, Cidade Histórica, e Viação Cidade Aracaju.

Bilhetagem eletrônica

Durante vários anos, o sindicato também foi responsável pela comercialização do passe-escolar e dos vales-transporte em tíquetes de papel. Hoje, após implantar da bilhetagem eletrônica, o Setransp gerencia o processo de confecção dos cartões Mais Aracaju e Mais Fácil Suburbano, assim como a venda de créditos eletrônicos.

Nos pilares do seu trabalho, está a preocupação com o bem-estar, de maneira ampla, dos usuários do sistema de transporte coletivo de Aracaju. Prova disso, é a constante realização de campanhas educativas direcionadas a pessoas de todas as idades, assim como o trabalho
específico voltado às pessoas com deficiência física, através do Serviço Atende.

O Setransp também mantém importantes parcerias na área social. Sua atuação envolve serviços de manutenção do kartódromo da Orla da Praia de Atalaia e apoio financeiro ao Instituto Viver. O sindicato também apoia os eventos e as ações promovidas pelos Conselhos Municipal e Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Pessoa Idosa. Do mesmo modo, viabiliza o transporte gratuito, através da doação de vales-transportes, para participantes dos cursos realizados pela Fundação Municipal do Trabalho – Fundat -, e do Projeto Eleitor do Futuro, promovido pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Projetos sócio-ambientais

Na área ambiental, o sindicato promove, desde 2005, a reciclagem de todo o lixo produzido nas suas instalações. Em 2011, foi além das suas ependências, convocando empresas filiadas e parceiros a se juntarem ao internacional Clean Up The Word, projeto que acontece desde 2003 em 125 países.

Em uma ação pioneira, o Setransp foi o responsável por fazer de Aracaju a primeira capital do Nordeste brasileiro a se engajar no projeto.

Entre os projetos de integração e eventos, são destaque no calendário de ações anuais o Prêmio Setransp de Jornalismo e o Torneio Setransp de Futebol, disputa que envolve os colaboradores das empresas de transporte de passageiros que atuam na capital sergipana e região metropolitana. Ambos os eventos tiveram a sua primeira edição no ano de 2009.

 

Ainda nesse quesito, há a Escolinha de Futebol na Direção do Futuro, que envolve os filhos dos colaboradores do Setransp e das empresas filiadas, com idade que varia de 11 a 14 anos, têm aulas de futebol. Organizado por Raniel de Jesus, o projeto trabalha com o objetivo de estimular o gosto pela prática esportiva e a importância da disciplina. É também uma oportunidade de integração entre os colaboradores do sistema e de socialização
dos jovens.

Em novembro de 2000, a comercialização do passe escolar, antes feita pela Superintendência unicipal de Transporte e Trânsito – SMTT -, passa a ser feita pelo Setransp.

No mês seguinte, a sede do indicato é transferida para o Distrito Industrial de Aracaju, onde funciona até os dias de hoje.

No mesmo período, são inaugurados os postos de venda localizados na Universidade Federal de Sergipe e Tiradentes.

Em maio de 2001, a comercialização do vale-transporte passa a ser feita pelo Setransp.

Em março de 2004, a comercialização do passe escolar passou a ser feita pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito – SMTT -, através das agências dos Correios.

Nesse ano, ocorre a reforma e a ampliação da sede do sindicato.
Outro grande momento foi a definição da marca dos cartões eletrônicos Mais Aracaju.

Em agosto, ocorre o lançamento da bilhetagem eletrônica e do site www.maisaracaju.com.br, voltado, especificamente, para os usuários dos cartões Mais Aracaju.

No mês de outubro, a comercialização do passe escolar volta a ser feita pelo Setransp, com a abertura de postos de venda nos Pontos Banese.

Em junho, ocorre o lançamento do cartão Mais Aracaju Funcional, utilizado pelos colaboradores das empresas de transporte de assageiros.

Foram produzidos 3.871 cartões à época. No mês de agosto, acontece o lançamento do cartão Mais Aracaju Escolar, com a distribuição de mais de 100 mil cartões para os estudantes da rede pública e particular de ensino.

Dois meses depois, o Setransp inaugura o SAE, local específico para entrega dos cartões escolares. O espaço funcionava à rua Santo Amaro, 40 – sala 106.

No mês de dezembro ocorre o lançamento do cartão Mais Aracaju
Especial, com a produção de 6.990 destinados a pessoas com
deficiência.

Nesse ano, ocorre a primeira verificação escolar a fim de coibir o uso indevido das credenciais estudantis.

No mês de maio, o Setransp institui o Mais Aracaju Vale-Transporte, cartão destinado a todos os trabalhadores com carteira assinada de empresas situadas em Aracaju e região metropolitana.

Cinco meses após o lançamento, 8.500 empresas já estavam cadastradas e 93 mil cartões haviam sido distribuídos.

Em novembro, é lançado o Mais Aracaju Cidadania. O cartão é direcionado a todos os que fazem uso do transporte coletivo e optam por não efetuar o pagamento da passagem em dinheiro.

Logo nos primeiros meses do ano, o Setransp inaugura postos de venda nos terminais de integração.

Nesse ano, acontece o 1º Torneio Setransp de Futebol e o 1º Prêmio Setransp de Jornalismo, dois eventos que entraram para o calendário de eventos anual do sindicato.

Outro marco do ano é o lançamento do Portal Setransp, um amplo e completo canal de comunicação e serviços que condensou os conteúdos dos sites www.setransp-aju.com.br e www.maisaracaju.com.br, tornando mais simples o acesso dos internautas.

No primeiro semestre de 2010, acontece a ampliação do atendimento do Setransp, com implantação de postos nos Ceac.

O recadastramento escolar passa a ser parcialmente online e as instituições de ensino são envolvidas no processo de recadastramento escolar, com a autoridade de validar a solicitação do estudante.

No mês de agosto tem início o cadastramento biométrico dos usuários do transporte coletivo que fazem uso da gratuidade total e parcial.

Ocorre também o lançamento do Mais Fácil Suburbano, cartão utilizado pelos usuários do transporte coletivo que circulam nos municípios de Itaporanga D´Ajuda, Riachuelo, Maruim e Laranjeiras.