Cartões - Gratuidade


14/04/2015 às 18h02

Idosos aderem à comodidade e segurança da bilhetagem eletrônica

imagem leitura noticia

A aceitação dos idosos pelo cartão Mais Aracaju Gratuidade tem sido grande. Cientes da cidadania que é ter direito a utilizar toda a extensão do ônibus passando pela catraca, sem necessariamente precisar comprovar a idade ao motorista, os idosos usuários de ônibus de Aracaju e região metropolitana têm aderido à comodidade da bilhetagem eletrônica. Já são mais de 19 mil cartões gratuidade para os idosos cadastrados. No entanto, em reunião com a Promotoria dos Direitos dos Idosos, do Ministério Público Estadual, na última sexta-feira, 11, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju e a Aracajucard, empresa responsável pelo sistema de bilhetagem eletrônica, reforçaram o compromisso do setor de garantir gratuidade aos idosos maiores de 65 anos, apresentando qualquer documento de identificação, conforme testifica a Lei.

“Além da liberdade de utilizar todo o veículo sem nem precisar se dirigir ao motorista, passando pela catraca o idoso tem percebido mais segurança, uma vez que não se limita à parte dianteira do ônibus. O cartão Mais Aracaju Gratuidade foi criado com o objetivo de ampliar o acesso dos portadores de gratuidade a 100% dos assentos do ônibus, já que nos horários de pico, por vezes, não é suficiente acomodá-los apenas na área prevista por lei – locais preferenciais na parte dianteira dos veículos, que, inclusive, são reservados as pessoas de pouca mobilidade. No entanto, é importante frisar que, no caso dos idosos, a concessão do cartão se caracteriza por ação opcional. Isto é, o idoso não é obrigado a emitir o cartão para o exercício de seu direito. Já que os mesmos, acima de 65 anos, permanecem com o acesso garantido de embarque e desembarque pela porta dianteira, bem como a acomodação na área por lei definida, com 10% dos assentos, sob a apresentação de qualquer documento pessoal que faça prova de sua idade, conforme delibera a Constituição Federal, em seu capítulo X e artigo 39º”, frisou o diretor executivo da Aracajucard, José Carlos Amancio.

De acordo com ele, foi esclarecido ao Ministério Público o propósito de ampliação do benefício ao idoso que é proporcionado pelo uso da bilhetagem eletrônica, a passagem pela catraca e ainda pontuada a disposição das empresas do transporte de seguirem com a renovação contínua dos treinamentos dos seus colaboradores para atenderem, da melhor forma, os usuários de ônibus em geral.

 

Cartão Cidadania

O setor também tem trabalhado para expandir o uso do Cartão Mais Cidadania, que abre o acesso à bilhetagem eletrônica à qualquer cidadão. Com o Mais Cidadania, o usuário pode carregar e recarregar o seu cartão com a quantidade de passagens que quiser, direto da internet no portal do usuário da Aracajucard ou em um dos pontos  de vendas distribuídos pela cidades.

Por  meio da bilhetagem eletrônica, o usuário dispõe da praticidade e agilidade para o embarque e passagem pela catraca. Ainda reduz a movimentação de dinheiro no ônibus, desviando, assim, a atração dos assaltos.

 

Como ter um cartão

O cidadão pode solicitar gratuitamente o seu Mais Aracaju Cidadania pela internet e resgatar o cartão na sede da Aracajucard, apresentando apenas documento com foto. O Cidadania não tem validade para recadastramento e possui chip, desta forma, os créditos podem ser resgatados em caso de perda ou roubo, bastando, para isso, que o usuário bloqueie o cartão e peça uma segunda via.


Setransp - Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju
Rua Moacir Wanderley, 185, sala 503
Condomínio Empresarial Jardins
Bairro Jardins
CEP 49025-510
79 3085-7584

© Copyright - Setransp 2014 - Todos os direitos reservados. Todo conteúdo deste site é de uso exclusivo.

seta topoVoltar ao Topo do Site

marca alfama web